Saúde / Beleza

O que é coordenação motora ampla e fina?

3 Mins read

Para praticamente tudo o que fazemos ao longo do dia, nosso corpo exige uma coordenação motora. Isso nada mais é do que a capacidade de executar certos movimentos coordenados que acontecem a partir da integração entre músculos, articulações e, é claro, o cérebro.

Além do desenvolvimento natural do ser humano, também é possível trabalhar essa coordenação motora através de alguns exercícios, como caminhar em uma esteira ergométrica, nadar, pular corda, pintar e muitos outros. 

Cada atividade trabalha um tipo de coordenação, e, quando falamos da parte motora, dividem-se em duas categorias: ampla e fina. Entender as diferenças entre ambas, saber como estimular o seu desenvolvimento e qual tipo de exercício é mais indicado para cada é fundamental.

Os tipos de coordenação motora

Como falamos, existem dois tipos de coordenação motora: ampla e fina. De maneira simplificada, a coordenação motora ampla trabalha com grupos musculares maiores, enquanto a fina dá atenção para músculos pequenos.

A seguir, elencamos algumas informações que irão ajudar a entender melhor essa diferença e, principalmente, a estimular o desenvolvimento dessas habilidades, principalmente em crianças.

Coordenação motora ampla

A coordenação motora ampla está relacionada com a habilidade de movimentar, de forma eficiente, as articulações e os maiores músculos do corpo, por meio de comandos programados do cérebro. É possível perceber esses movimentos desde os primeiros meses de vida de uma criança, pois ela usa esse tipo de coordenação motora para mexer os braços e as pernas, por exemplo — e futuramente engatinhar e andar.

Dessa forma, estamos falando dos grandes grupos musculares presentes no corpo humano, que permitem a movimentação ao longo da vida, desde correr, sentar, balançar para frente e para trás, até subir e descer escadas, pular, entre outras atividades.

Exercícios para coordenação motora ampla

Com o passar dos anos, esses movimentos vão ganhando novos estímulos e, para que isso aconteça de forma saudável, além de exercícios naturais, como andar, é possível estimular essa coordenação de outras maneiras.

Alguns exemplos são: correr, mesmo que em um espaço limitado, especialmente pensando em possíveis circuitos que possam estimular mais de um sentido; pular cordas; saltar em cima de caixas; pular amarelinha; alongar, dançar, andar em ritmos variados — e, por isso, uma esteira ergométrica pode auxiliar no processo; atividades com bolas e muitos outros.

Coordenação motora fina

A coordenação motora fina é a habilidade de realizar movimentos precisos e intencionais utilizando os músculos mais delicados do corpo, como os das mãos e dos pés. Esse tipo de movimentação pode ser observada quando a criança começa a entender o que precisa fazer com os dedos para pegar algum objeto pequeno, por exemplo.

Da mesma forma, com o passar dos anos, os movimentos vão sofrendo modificações e ficando mais intensos e concentrados, desde desenhar e colorir corretamente o desenho até dominar uma bola com os pés para determinada prática esportiva.

Exercícios para coordenação motora simples

Por se tratar de algo um pouco mais delicado, que exige mais atenção da própria criança na fase de desenvolvimento, é essencial dar atenção a pequenas atividades que irão auxiliar para que a coordenação motora simples possa ser mais explorada e desenvolvida corretamente.

Entre os exercícios que podem ser aplicados, temos, por exemplo, brincar com massinha de modelar, que estimula justamente o uso dos dedos; montar quebra-cabeças, que trabalha tanto a coordenação motora simples propriamente dita quanto a atenção e criatividade da criança; brincar com blocos de construção e jogo da memória. Outra atividade de extrema precisão é a pintura, que também trabalha essa área da coordenação motora.

É preciso ressaltar que estamos falando de atividades físicas que auxiliam nesse desenvolvimento, mas a coordenação motora também é trabalhada com exercícios cognitivos e intelectuais, que são importantes para o desenvolvimento da criança na primeira infância.

Além disso, caso seja observado que a criança apresenta um atraso motor ou uma dificuldade na coordenação motora para atividades cotidianas, é sempre interessante buscar por profissionais capacitados. Assim, será possível preparar estratégias específicas para cada caso, com exercícios que irão estimular esse desenvolvimento.

Postagens relacionadas
Saúde / Beleza

Epidemia de Obesidade: Estratégias de Controle e Prevenção

6 Mins read
A epidemia de obesidade é uma preocupação global que afeta milhões de pessoas. Com os estilos de vida modernos, cada vez mais…
Saúde / Beleza

Revolucionário e Vilão: A Trajetória do Abortivo Misoprostol

1 Mins read
O Misoprostol, inicialmente desenvolvido para tratar úlceras gástricas, emergiu como um ator controverso no cenário médico e social devido ao seu papel…
Saúde / Beleza

Mentalidade na academia: como se motivar para manter a constância

3 Mins read
Obter os resultados desejados após entrar na academia exige disciplina e frequência. Afinal, eles não virão de uma hora para outra, sendo…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *