CotidianoSaúde / Beleza

Quais são as principais doenças que afetam os idosos?

4 Mins read

Uma doença crônica pode ser sofrida por indivíduos de todas as idades, mas na velhice o risco de contrair uma aumenta consideravelmente. Neste artigo, você saberá mais sobre quais são as principais doenças que afetam os idosos.

Quando falamos de doenças crônicas, queremos dizer todas aquelas doenças de longo prazo que geralmente progridem lentamente.

Embora não haja consenso sobre o período de tempo que deve passar para que uma doença seja considerada crônica, o mínimo é de cerca de seis meses.

Por que as pessoas mais velhas sofrem mais doenças?

Uma doença crônica pode ser sofrida por indivíduos de todas as idades; no entanto, é verdade que, ao longo dos anos, o risco de contrair doenças crônicas aumenta consideravelmente.

De fato, as doenças crônicas são a nova grande epidemia do século XXI, sendo esse aumento o resultado de uma maior expectativa de vida e do envelhecimento da população.

Como resultado do envelhecimento da população, 1 em cada 6 adultos sofria de algum tipo de doença crônica em 2017, enquanto em 2020 o número aumentou para 54% da população.

Mas quais são as principais doenças que afetam os idosos?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os principais problemas de saúde em idosos estão frequentemente associados a doenças crônicas e não transmissíveis.

De fato, doenças cardíacas, ataques cardíacos, câncer, doenças respiratórias e diabetes são as principais causas de mortalidade no mundo, causando 71% das mortes.

1. Artrite e osteoartrite

A artrite é uma inflamação nas articulações que geralmente causa inchaço nas articulações.

A osteoartrite geralmente é uma consequência da artrite grave. Quase todos os idosos sofrem com isso em algumas de suas articulações, embora geralmente seja mais comum em mulheres do que em homens.

Especificamente, a osteoartrite aparece devido à degeneração da cartilagem articular devido à idade, causando dor no movimento e dificuldades motoras.

Normalmente, os idosos que sofrem com isso podem levar uma vida normal e reduzir a dor seguindo o tratamento baseado em anti-inflamatórios, infiltração e reabilitação.

Da mesma forma, os casos mais extremos podem ser tratados por cirurgia, substituindo articulações danificadas por próteses artificiais.

Geralmente, dores no punho, no pescoço e nos ombros é sinal de que algo não está certo com as articulações. Dessa forma, é hora de procurar um especialista.

2. Diabetes

Praticamente todos os idosos sofrem de diabetes. As principais causas geralmente são estresse, maus hábitos alimentares e inatividade.

Com o controle do especialista e o tratamento adequado, os idosos podem levar uma vida totalmente normal.

3. Desnutrição

As pessoas mais velhas tendem a perder o apetite, então a ingestão de proteínas e vitaminas diminui, o que pode levar à desnutrição.

Esse problema pode levar a outros, como desidratação, anemia ou gastrite atrófica, entre outros.

Para evitar isso, é crucial que os hábitos alimentares sejam desenvolvidos em pessoas idosas, bem como o acompanhamento de uma dieta equilibrada que garanta o consumo de todos os minerais e vitaminas de que precisam para serem saudáveis. 

Além disso, a falta de algumas vitaminas e minerais pode causar diarreia nos idosos ou mesmo prisão de ventre. Quando isso acontece, é fundamental passar por uma colonoscopia para descartar qualquer outro problema grave.

Em alguns casos, o especialista recomenda o uso de alguns suplementos alimentares para aliviar esse déficit.

4. Gripe

A gripe em pessoas idosas pode causar complicações e exigir hospitalização, devido ao aparecimento de problemas respiratórios.

Portanto, a prevenção é extremamente importante no caso de os idosos apresentarem sintomas de resfriado ou gripe.

5. Demência senil ou Alzheimer

Alzheimer e demência senil são as doenças mais temidas pelos idosos, pois envolvem uma perda progressiva de sua memória e habilidades mentais; e no momento elas não têm cura.

A principal causa dessas doenças degenerativas é o envelhecimento do cérebro, que faz com que as células nervosas enfraqueçam e atrapalhem algumas áreas do cérebro.

6. Parkinson

Parkinson, assim como Alzheimer, é uma doença neurodegenerativa causada pela perda progressiva de neurônios na substância negra do cérebro.

A doença de Parkinson é geralmente reconhecida por um distúrbio do movimento, mas este não é o único sintoma, mas também causa alternâncias cognitivas, emocionais e funcionais.

7. Problemas auditivos e visuais

O desgaste natural do ouvido devido ao envelhecimento geralmente causa um certo grau de surdez, que pode ser aliviada com sucesso pelos aparelhos auditivos.

Tal como acontece com o ouvido, o envelhecimento pode causar problemas visuais, por isso é muito importante que os idosos façam um exame oftalmológico anual para detectar se há algum e começar com o tratamento adequado.

Miopia, presbiopia, catarata, glaucoma ou tensão ocular são alguns dos problemas visuais mais comuns em idosos.

Caso haja algum sinal de problema visual, o oftalmologista deve ser procurado. Se necessário, pode ser feita uma cirurgia de catarata pelo SUS.

8. Pressão alta

É comum que os idosos tenham pressão alta, mas esse sintoma não deve ser tomado de ânimo leve, já que a pressão alta pode causar problemas cardíacos mais graves.

Portanto, a adoção de hábitos de vida saudáveis e controle da pressão arterial é crucial quando você atinge uma idade avançada.

9. Acidente vascular cerebral (AVC)

O acidente vascular cerebral é outra das doenças mais temidas pelos idosos. É uma doença cardiovascular que aparece quando um dos vasos sanguíneos que transporta sangue para o cérebro quebra ou fica entupido.

Esta doença pode fazer com que os idosos fiquem total ou parcialmente paralisados, percam faculdades motoras e de fala e até morram.

Detectá-lo a tempo pode ser crucial para a sobrevivência dos idosos, portanto, conhecer seus sintomas é muito importante. 

Se tivermos uma pessoa idosa sob nossos cuidados, devemos estar cientes de uma possível perda de força em um braço ou lado do corpo, perda total ou parcial da visão, vertigem ou instabilidade, distúrbios da fala e dor de cabeça intensa. 

10. Ataque cardíaco

O ataque cardíaco é considerado uma das principais causas de morte em idosos. Colesterol, hipertensão, tabagismo, obesidade e diabetes são fatores de risco para um ataque cardíaco.

Se você tiver algum dos sintomas desta doença, você deve chamar um médico imediatamente. Alguns dos sintomas mais comuns são dispnéia, falta de ar, cansaço ou fadiga, tontura e síncope.

Um bom cuidador deve conhecer essas e outras doenças comuns nos idosos, seus sintomas e como agir caso os idosos tenham alguma dessas patologias, embora, em muitos casos, a inexperiência e a falta de informação possam ser um problema.

Postagens relacionadas
Saúde / Beleza

Esfoliação Capilar: Importância para a saúde do couro cabeludo

3 Mins read
Quando pensamos em cuidados capilares, geralmente nos concentramos em shampoos, condicionadores e máscaras de tratamento. No entanto, há um aspecto fundamental que…
Saúde / Beleza

5 dicas e cuidados para se bronzear em casa

3 Mins read
Durante o verão brasileiro, não é muito difícil ficar com a pele mais bronzeada. A exposição frequente ao sol, mesmo com proteção,…
Saúde / Beleza

Como escolher a melhor  plataforma Online para vender suplementos

2 Mins read
Com o aumento da demanda por suplementos nutricionais, encontrar a melhor plataforma online para vender esses produtos tornou-se uma prioridade para muitos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *